-->

2 de outubro de 2014

Como o robô Curiosity chegou na base do Monte Sharp

O robô Curiosity no solo marciano
O início da missão da NASA, chamada de Laboratório Científico de Marte (LCM) ou Mars Science Laboratory, se deu em 26 de novembro de 2011 com lançamento feito a partir do Cabo Canaveral. A bordo da missão estava o jipe robô, cujo nome é Curiosidade (Curiosity). No dia 6 de agosto de 2012, após uma viagem de aproximadamente 570 milhões de quilômetros no espaço que durou oito meses e meio, o Curiosidade pousou no planeta Marte, perto da base de um local chamado Aeolis Palus, no interior de uma vasta e antiga cratera de impacto, próxima do equador do planeta, a Cratera Gale.

A missão científica do robô Curiosidade

Antes do lançamento do rover, em novembro de 2011, foi determinado pelos pesquisadores que o Monte Sharp fosse o principal destino científico do Curiosidade. A princípio os cientistas da missão planejaram a subida do Curiosity fosse feita logo pelo sopé da montanha, aproveitando os instrumentos do robô para analisar as rochas em busca de pistas sobre a questão: “por que Marte passou de um mundo quente e úmido, no passado antigo, para um mundo seco que conhecemos hoje?” Porém, após a amartagem (quando o robô pousou em Marte), na Cratera Gale, em agosto de 2012, o Curiosidade não foi imediatamente para essa montanha, em vez disso, o robô passou quase um ano examinando rochas em outras localidades. Esse trabalho incluiu três operações de perfuração de coleta de amostras separadas. Isso valeu a pena, pois observações do rover nessas áreas permitiram aos cientistas da missão determinar se a área abrigava um sistema de fluxo de água em lagos, há bilhões de anos, e se a mesma poderia ter abrigado vida microbiana.

O Rover Curiosity em Marte

A jornada do robô em Pahrump Hills

Após isso, o Curiosidade começou sua caminhada de 5 milhas (8 km) com destino ao Monte Sharp em julho de 2013, alcançando um afloramento na base de uma montanha chamada de Pahrump Hills. Nessa localidade o Rover aproveitou para perfurar uma rocha alvo para avaliar a adequação do equipamento para a realização do processo de perfurações de amostras. Esse julgamento foi positivo, o que levou a equipe da missão adiante com certeza que o robô faria boas operações de perfurações em amostras.

O Rover Curiosidade em Marte

A chegada do Rover ao Monte Sharp

Em 11 de setembro de 2014, a chegada do robô ao Monte Sharp foi considerada uma grande vitória pelos responsáveis da missão, pois durante os últimos 15 meses foram priorizadas algumas trilhas para chegar a esse destino, afinal de contas, o Curiosity voou centenas de milhões de quilômetros com esse objetivo. No dia 24 de setembro, quarta-feira, o Curiosidade começou a operação com a perfuração de 6,7cm em um afloramento na base do Monte Sharp (o qual se eleva a 5,5km no céu marciano). O robô colheu essas amostras a fim de realizar análises de seus pós por meio dos seus instrumentos internos conhecidos como SAM (Análise de Amostras em Marte) e CheMin (Química e Mineralogia).

A primeira perfuração na base do Monte Sharp

A perfuração das rochas se deu na parte mais baixa da camada de base da montanha, porém, os pesquisadores pretendem examinar as camadas mais altas e mais novas expostas nas colinas próximas. Esses dados podem proporcionar aos pesquisadores mais informações sobre o ambiente de Marte no momento em que a montanha foi formada e depois desenvolvida.
 
Perfuração feita em marte pelo Curiosity

Vamos aguardar novas e boas notícias sobre a jornada do Curiosity no Monte Sharp. Espero ter ajudado. Bons estudos e sucesso a todos.

Fonte de pesquisa: space.com

0 comentários:

Gostou do estudo? Comente abaixo.

No lado direito do blog, em Categorias: Matemática Fundamental e Matemática para Física, temos muitos exercícios resolvidos de matemática básica, fornecendo a você uma base para encarar as disciplinas Física e Matemática do nível médio e superior. Por favor, não enviem exercícios para eu resolver, pois estou muito acarretado de tarefas e com pouquíssimo tempo até para postar. Agradeço aos leitores que me comunicaram sobre erros de digitação em algumas postagens. Se você quiser contato, deixe seu e-mail ou escreva-me. Agradeço aos leitores que respondem às perguntas feitas, nos comentários, por alunos com dúvidas.

Importante: se você comentar, identifique-se (nome e cidade). Não escreva como anônimo, não escreva nos comentários frases como: "Me ajudou muito", "Gostei", "Legal", "Continue assim". Escreva, por exemplo, como o texto lhe ajudou, se você aprendeu, se valeu apena ler o texto, suas dificuldades no assunto, etc. Em "Comentar como" use, se possível, sua conta(e-mail) do google ou sua URL.

Espero ajudado você de alguma forma! Obrigado pela paciência! Bons estudos!

Atenciosamente,
Elísio.

© Estudando Física - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Elysium.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo